Translate

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

DANÇA BARAKA

Defini alguns princípios e linhas de pesquisa para criação em dança, este projeto tem como finalidade preparar e dar ferramentas para qualquer pessoa que queira dançar: Criei exercícios para o aprendizado de conhecer o próprio corpo , definir e planejar as sequências coreográficas tendo os princípios contidos do teatro-dança Clássico da Índia. Muito importante estudar técnicas e pesquisar a sua dança pessoal para a criação de linguagem própria em cena e conhecer os elementos formais da dança, movimento corporal, espaço e tempo. Estudar dança e teatro como linguagens simultâneas e exercícios para acessar a organicidade do corpo. Nas aulas de dança, aprender a relacionar o teatro e expressão corporal. Representar um personagem em espetáculos teatrais usando expressão corporal e facial. Desenvolver pesquisas críticas sobre o corpo e seus movimentos e estudar a relação da dança com o teatro, artes visuais,arquitetura, a natureza e a relação com o todo. Desenvolver habilidades de comunicação e expressão Praticantes de dança que aprendem a ampliar o repertório de possibilidades corpóreas tendo como matéria-prima a relação oriente-ocidente. Estudo do movimento corporal: o movimento do corpo ou parte dele num determinado tempo e espaço. Percepção do tempo: caracteriza a velocidade do movimento corporal (ritmo e duração); contrastes (rápido, médio, lento), contratempo. Além dessas características do tempo entende-se a atenção ao tempo presente como fundamental para o estudo da dança. O corpo precisa estar aberto às mudanças decorrentes no tempo em diferentes momentos. Exploração do espaço: interno e externo, público e privado, relacionando o entendimento de corpo e ambiente/contexto. Dentro do espaço estudamos as direções (cima, baixo, lado, frente, trás e diagonais), dimensões (pequeno, médio e grande), níveis (baixo, médio e alto), extensões (perto, médio e longe). As conexões que se estabelecem com o ambiente podem ser vistas como relação de compartilhamento e troca. _ Maria Vilarinho é atriz ( FTD) Faculdade de artes Dulcina de Moraes, dançarina estudou o estilo Bharatanatyam com Patrícia Romano, Padre Joachim Andrade (India)- Joachim Andrade é formado em dança clássica no estilo Bharata Natyam pelo Gyan Ashram Institute of Performing Arts, de Mumbai, uma das mais prestigiosas escolas da Índia), Sri Rhade, Miriam Lamas Baiak,Juliana Bonaldo (PR). Estilo Kuttipud estudou com o mestre Sandeep Bodhanker e Ana Paiva e o estilo Odissi Rita Andrade( SP), Sistema Laban/Bartenieff. Elisa Abrão Prof@ Me( FMG). Como atriz trabalhou nos espetáculos ” A cidade” e escutae os risos e gemidos do nosso sono e como dançarina “ Dançando com os Deuses”, Quando os elefantes sonham com a dança” e o espetáculo de dança Baraka patrocinado pelo fac- Secretaria de Cultura do Distrito Federal que resultou num método de pesquisa e a criação de técnica pessoal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário