Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

NOTÍCIAS DE MIM

Imagem
Fui Sabendo de Mim

Fui sabendo de mim
por aquilo que perdia

pedaços que saíram de mim
com o mistério de serem poucos
e valerem só quando os perdia

fui ficando
por umbrais
aquém do passo
que nunca ousei

eu vi
a árvore morta
e soube que mentia Mia Couto

DANÇAR OS ANSEIOS DA ALMA

Imagem
“Sapatinhos Vermelhos”, interpretado à luz da psicanálise no livro “Mulheres Correm com os Lobos” por Clarissa Pinkólas Ester.
A história tem várias versões nos detalhes, mas no geral é resumidamente o seguinte:
Uma menina pobre e sozinha mora em uma cabana, na floresta. É tão pobre que nem sapatos tem e seu grande sonho é ter um par de sapatos vermelhos. Ela mesma fez um par de sapatos vermelhos de pano, com os retalhos que encontrava. Ela adorava esse sapatos e usá-los fazia com que se sentisse feliz, mesmo frente às dificuldade diárias pela sobrevivência.
Quando andava pela estrada, acabou encantando uma velha muito rica que resolveu criá-la como filha. Ao chegar à mansão, foi banhada, penteada e vestida. Seus sapatos de retalhos, jogados fora.
A menina agora era obrigada a ficar sentada, quietinha, o dia todo. Não podia comer com as mãos. Não podia correr ou pular, ou rolar na grama. E, quanto mais o tempo passava, mais falta ela sentia de seus lindos sapatinhos vermelhos feitos à mã…

NÚCLEO DE PESQUISA EM DANÇA-TEATRO E TRANSCENDÊNCIA

Imagem
Atualmente pesquiso a multisensorialidade e a disponibilidade para criar a partir da minha identidade.

 A proposta  é  a  interdiciplinariedade, o relativismo, e os métodos comparativos. A noção de performance aliada a ritos,rotinas, disciplina, o cotidiano. A dança fazendo parte da vida individual e coletiva, a forma sensorial e perceptiva.  Procuro técnicas corporais que induzam a um fluxo diferenciado de energia , a uma intensificação da presença e consequentemente a uma alteração do meu estado perceptivo,para ampliar o diálogo com o público. Quando estou em cena,o palco é o único lugar no meu mundo onde nenhuma intervenção,  nada mesmo, me tira do meu estado de presença absoluta no aqui e agora..   Dançar como se fosse a minha última oportunidade de me comunicar, e dizer o que sinto, ampliar a minha urgência de falar o que nem sei bem o que é, um lugar onde as palavras não chegam, onde  toda a  tentativa de me explicar, seja válida, mas nunca de forma  arbitrária. . Não tenho…

DANÇA-TEATRO ORIENTAL

Imagem
O teatro oriental tem algumas características em comum que o distinguem nitidamente do teatro pós-renascentista ocidental. São obras de arte unificadas — uma realização da ideia do teatro total — semelhante ao de Wagner, em que se misturam literatura, dança, música e espetáculo.
A formação dos atores dá ênfase à dança, à expressão, à agilidade corporal e às habilidades vocais mais que à interpretação psicológica. Os figurinos e maquiagem são muito importantes e quase uma arte em si. A estilização estende-se ao movimento e mesmo as ações da vida diária se transformam em uma dança ou gesto simbólico.
Em termos de público, é um teatro de participação. As representações costumam ser demoradas e os espectadores se movimentam, comem, conversam e por vezes só se mostram atentos aos momentos que são de seu maior agrado. A solenidade do espectador ocidental lhes é totalmente estranha.
O teatro oriental, tal como outros aspectos da cultura oriental, só viria a ser conhecido no Ocidente em fins…

BUTOH - VIDA E MORTE

Imagem
O Butoh, estilo de dança/teatro japonês, faz o Leste encontrar o Oeste. Como boa parte das expressões culturais do Oriente, o "butoísmo" mergulha na introspecção para buscar o mito de cada um por via da aceitação e integração dos dualismos.

O Butoh, estilo de dança-teatro japonês surgido no pós-guerra é inspirado no limite entre o mundo dos vivos e dos mortos e na percepção dualista de opostos – como a imobilidade e a mobilidade e a luz e as trevas. O estilo foi fortemente influenciado pela tensão entre a visão Ocidental e a Oriental e entre a tradição e a modernidade em um período de dissociação do espírito nipônico. Um trabalho freelancer me fez ir atrás do tema em 2012, que só conhecia por alto por conta do filme Hanami.O background filosófico do Butoh é formado por influências tão distintas e paradoxais como o zen budismo e o Teatro Nô de um lado e o surrealismo e o expressionismo europeus de outro. Anticonvencional e marginal, a arte é mais popular no Ocidente que no Ja…

15. Hexentanz (1929) Chor. Mary Wigman.avi

Metropolis - Dance Scene

DANÇA E ORGANICIDADE

Imagem
A dança que transmite a intensificação da vida, e a presentificaçáo das sensações.
A dança orgânica necessita da escrita do corpo, de ouvir o corpo, como se todos os poros fossem ouvidos, trazendo intensidade e vivência. 
A pausa no repouso. 
A energia não corresponde necessariamente a movimentos no espaço. Quanto mais a dançarina busca intensidade e consciência, maior é a sua capacidade de ser a mensagem. Seus movimentos atingem diretamente o coração do público sem hermetismos.
A linguagem da dança é universal quando a técnica é um veículo e não um fim.

A dança pode ser pura e não arbitrária, pode ser abstrata e comunicar sem necessariamente narrar uma história.
A dança quer existir no presente.
A poética do efêmero, o que importa é a experiência coletiva de sonhar publicamente.

Bertolt Brecht ( 1898-1956) um dos maiores homens de teatro do século XX, dramaturgo, encenador e teórico, afirmou que o teatro que quer representar movimentos inconscientes da alma, ultrapassa o diálogo interpessoal…

ARTE

Imagem
arte

Ludwig van Beethoven 
Batizado em Bonn (Alemanha), em 17 de dezembro de 1770 — Viena (Áustria), 26 de março de 1827
Um dos maiores compositores da história, foi atormentado em toda sua vida por uma surdez progressiva sem diagnóstico definitivo. Teria tido Beethoven a mesma genialidade que mostrou em suas sinfonias caso ele não tivesse hipoacusia e zumbido? Qual a influência que sua surdez teve sobre sua vida e obra?
Ele escreveu ao amigo e médico Franz Gerhard Wegeler em 21 de junho de 1801, quando tinha 31 anos de idade:  "Você tem tido notícia da minha situação? Os meus ouvidos nos últimos 3 anos estão cada vez mais fracos, Frank o diretor do Hospital de Viena procurou retonificar o meu organismo com tônicos e meus ouvidos com óleo de Mandorle. Não houve nenhum efeito, a surdez ficou ainda pior. Depois um asno de um médico me aconselhou banhos frios o que me levou a ter dores fortes. Outro médico me aconselhou banhos rápidos no Danúbio, todavia a surdez persiste, as orelhas…

DANÇAR A PRESENÇA

Imagem
Me sinto privilegiada por sentir. Sentir e perceber as mensagens do meu corpo.Ouvir quando é possível o incessante diálogo do corpo com a alma. 
     Não importa quando não compreendo a linguagem subterrânea das diferentes camadas e nuances que formam a síntese de mim mesma.
     Gostaria de ter olhos no meu interior, para dançar partes de mim que ainda não visitei.
     Quando escrevo sobre dançar a minha alma, criar um vocabulário próprio em cena, escrevo sobre esta necessidade de estar com a minha lanterna acesa, para quando entrar na caverna dos meus labirintos secretos, encontrar a luz e entendimento.
     " A dança afasta a prisão do Eu"
     Dançar  é necessidade da alma, para revelar a experiência do prazer de perceber coisas sobre o meu mundo, olhar o olhar de mim mesma e me  permitir olhar outras coisas.

"  A maior alegria é nos perdermos de nós mesmos por alguns instantes.O si mesmo não pode ser dito , porque ele é tão singular para cada si mesmo, que deveria …