DANÇA- PLASTICIDADE E O REGISTRO DO EFÊMERO



     Considero a verdade  essencial na arte e a presença da simplicidade.
     Não é fácil ser simples, exige técnica muito apurada e profundo conhecimento de sí mesma.
   O palco é o território sagrado onde se presentifica histórias pessoais , símbolos que são a todo momento bússolas que marcam um tempo e um espaço atemporal , fragmentos de vidas , pedaços de emoções, o efêmero e o eterno.
   A dança contemporânea e a investigação das suas possibilidades ,a  plasticidade dos movimentos aliados a técnica e ao estudo do corpo integrado e presente fomentam novos olhares sobre a dança.
   A relação entre dança,imagem, movimento, tecnologias eletrônicas e digitais
   A videodança como linguagem surgiu nos anos 70, era uma forma de registro, assim como era a fotografia, havia uma dificuldade histórica de se capturar a dança, além da dificuldade de construir um método, portanto a possibilidade de filmar o instante foi e continua sendo fundamental para viabilizar o treinamento e estudo e pesquisa.
A arte da dança sempre foi associada ao momento presente, ao instante, portanto a dificuldade do registro. A videodança é um dos possíveis resultados da interferência da tecnologia no fazer artístico de dança,  ao romper com o tempo e o espaço  a dança pode chegar a museus,cinemas,bibliotecas, escolas em tempo real
 Antes o registro do movimento poderia ter um caráter documental e histórico, hoje o presente e o  passado dialogando e sendo compartilhado.A diferença da videodança para o registro de dança é quando o artista se apropria da mídia utilizada, a partir de seus (mídia) valores estéticos e poéticos. Nesse aspecto, o uso do vídeo passa a ser também artístico.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DANÇA SURREALISTA

DANÇAR EM TEMPOS DE INTOLERÂNCIA

" A FONTE ORIGINAL"