Translate

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

MIRABAI DANÇA BARAKA

Teatro

Mirabai dança Baraka
09/09/2011
Mirabai em cena_foto de Marcelo Deschinger
Uma alma desdobrada em gestos e ritmos
Atriz, dançarina, pesquisadora e professora, formada em artes cênicas pela Faculdade Dulcina, Mirabai é a artista de Brasília que se identifica inteiramente com a dança indiana e outras formas orientais de expressão. Neste mês de setembro, Mirabai faz temporada na pequena e aconchegante Sala Alberto Nepomuceno, do Teatro Nacional. O espetáculo chama-se Baraka e utiliza as expressões corpóreas do estilo bharata natyam, forma clássica e antiga praticada na Índia. Mirabai é o nome artístico e espiritual de Maria Vilarinho Cardoso, que nunca foi à Índia, mas traz a Índia dentro de si.

Baraka significa sopro e a palavra tem origem no sufismo, referindo-se à presença do sagrado da vida. No espetáculo, inspirado em rituais de várias tradições pertencentes a diversas culturas, a presença feminina é fonte de inspiração. O corpo da mulher tem sua geografia, traçada desde detalhes como a pintura das mãos à utilização de véus.

Pela divulgação do espetáculo, Baraka “demonstra as fontes de energia criativa da artista em cena e suas possibilidades extremas. Cada parte do corpo (cabeça, olhos, pés e mãos) representa alternadamente um papel de primeiro plano. Cada movimento é executado literal e sucessivamente com olhos, cabeça, tronco, pernas, pés, braços e mãos para criar sequências coreográficas que se expressam individualmente”.

Além da faculdade, Mirabai fez estudos de teatro Nô, Kyôgen, Kutipudi, Odissi, Teatro de Máscaras Balinesas e antropologia teatral, com o diretor Eugênio Barba, do Odin Theatre.
Celso Araújo
serviço
Baraka, com Mirabai
data: 2, 3, 4, 9, 10, 11, 16, 17, 18, 23, 24 e 25 de setembro
local: Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional
horário: sempre às 19h
ingressos: R$ 20 e R$ 10
classificação livre
Veja mais mídias desta notícia  BRASÍLIAAGENDA
CULTURA E EVENTOS NO DF
Mirabai_foto de Marcelo Dischinger

Nenhum comentário:

Postar um comentário