segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Espetáculo de Dança Baraka

Espetáculo de Dança Baraka

O seleto público que assiste ao Espetáculo de Dança Baraka, em Brasília, tem a rara oportunidade de ver um show de técnica, competência e arte. Em tempos de “artistas instantâneos” e “celebridades” fabricadas, a atriz e dançarina MIRABAI, professora da Secretaria de Educação do GDF, prova que beleza e talento não se conseguem com apelação, silicone, botox ou dezenas de cirurgias plásticas. Por isso, não é exagero reafirmar que o público que assiste a seu espetáculo, além de seleto, pode se considerar privilegiado.
Continua em cartaz na Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional em Brasília, a artista/dançarina MIRABAI, que encanta a todos que a assistem. O espetáculo tem foco central na sua performance, resultado de muitos anos de estudos e pesquisas da dança clássica indiana.
Sem recursos mirabolantes de iluminação ou objetos que, a título de cenário, possam atrapalhar ou desviar a atenção da platéia, a atriz dá um show de técnica, equilíbrio, fôlego e – melhor – em 57 minutos surpreende pela verdade, beleza e lirismo.
O figurino, criado por ela, ganha destaque especial contra o fundo do palco, coberto por simples cortina preta. A maquiagem elaborada destaca – e reforça – toda capacidade expressiva que a atriz utiliza para dar ênfase à personagem vivida em cena.
Quem ainda não assistiu MIRABAI no Espetáculo de Dança Baraka, tem somente o próximo fim-de-semana para apreciar sua performance e conferir que, simplicidade e competência são suficientes para, com talento, surpreender a platéia que, do silêncio embevecido, dança e canta com descontração junto com a atriz/dançarina quando o espetátulo chega ao fim. Vale a pena conferir.
Serviço: Espetáculo de Dança Baraka; patrocínio do FAC; apoio do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (SINPRO/DF); com a professora/atriz/dançarina MIRABAI; sexta, sábado e domingo, dias 23, 24 e 25 de setembro; 19 horas; Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional, em Brasília.

Carlos Guilherme R. Batista
Jornalista

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

MIRABAI DANÇA BARAKA

Teatro

Mirabai dança Baraka
09/09/2011
Mirabai em cena_foto de Marcelo Deschinger
Uma alma desdobrada em gestos e ritmos
Atriz, dançarina, pesquisadora e professora, formada em artes cênicas pela Faculdade Dulcina, Mirabai é a artista de Brasília que se identifica inteiramente com a dança indiana e outras formas orientais de expressão. Neste mês de setembro, Mirabai faz temporada na pequena e aconchegante Sala Alberto Nepomuceno, do Teatro Nacional. O espetáculo chama-se Baraka e utiliza as expressões corpóreas do estilo bharata natyam, forma clássica e antiga praticada na Índia. Mirabai é o nome artístico e espiritual de Maria Vilarinho Cardoso, que nunca foi à Índia, mas traz a Índia dentro de si.

Baraka significa sopro e a palavra tem origem no sufismo, referindo-se à presença do sagrado da vida. No espetáculo, inspirado em rituais de várias tradições pertencentes a diversas culturas, a presença feminina é fonte de inspiração. O corpo da mulher tem sua geografia, traçada desde detalhes como a pintura das mãos à utilização de véus.

Pela divulgação do espetáculo, Baraka “demonstra as fontes de energia criativa da artista em cena e suas possibilidades extremas. Cada parte do corpo (cabeça, olhos, pés e mãos) representa alternadamente um papel de primeiro plano. Cada movimento é executado literal e sucessivamente com olhos, cabeça, tronco, pernas, pés, braços e mãos para criar sequências coreográficas que se expressam individualmente”.

Além da faculdade, Mirabai fez estudos de teatro Nô, Kyôgen, Kutipudi, Odissi, Teatro de Máscaras Balinesas e antropologia teatral, com o diretor Eugênio Barba, do Odin Theatre.
Celso Araújo
serviço
Baraka, com Mirabai
data: 2, 3, 4, 9, 10, 11, 16, 17, 18, 23, 24 e 25 de setembro
local: Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional
horário: sempre às 19h
ingressos: R$ 20 e R$ 10
classificação livre
Veja mais mídias desta notícia  BRASÍLIAAGENDA
CULTURA E EVENTOS NO DF
Mirabai_foto de Marcelo Dischinger

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Teatro

Mirabai dança Baraka
09/09/2011
Mirabai em cena_foto de Marcelo Deschinger
Uma alma desdobrada em gestos e ritmos
Atriz, dançarina, pesquisadora e professora, formada em artes cênicas pela Faculdade Dulcina, Mirabai é a artista de Brasília que se identifica inteiramente com a dança indiana e outras formas orientais de expressão. Neste mês de setembro, Mirabai faz temporada na pequena e aconchegante Sala Alberto Nepomuceno, do Teatro Nacional. O espetáculo chama-se Baraka e utiliza as expressões corpóreas do estilo bharata natyam, forma clássica e antiga praticada na Índia. Mirabai é o nome artístico e espiritual de Maria Vilarinho Cardoso, que nunca foi à Índia, mas traz a Índia dentro de si.

Baraka significa sopro e a palavra tem origem no sufismo, referindo-se à presença do sagrado da vida. No espetáculo, inspirado em rituais de várias tradições pertencentes a diversas culturas, a presença feminina é fonte de inspiração. O corpo da mulher tem sua geografia, traçada desde detalhes como a pintura das mãos à utilização de véus.

Pela divulgação do espetáculo, Baraka “demonstra as fontes de energia criativa da artista em cena e suas possibilidades extremas. Cada parte do corpo (cabeça, olhos, pés e mãos) representa alternadamente um papel de primeiro plano. Cada movimento é executado literal e sucessivamente com olhos, cabeça, tronco, pernas, pés, braços e mãos para criar sequências coreográficas que se expressam individualmente”.

Além da faculdade, Mirabai fez estudos de teatro Nô, Kyôgen, Kutipudi, Odissi, Teatro de Máscaras Balinesas e antropologia teatral, com o diretor Eugênio Barba, do Odin Theatre.
CELSO ARAÚJO
serviço
Baraka, com Mirabai
data: 2, 3, 4, 9, 10, 11, 16, 17, 18, 23, 24 e 25 de setembro
local: Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional
horário: sempre às 19h
ingressos: R$ 20 e R$ 10
classificação livre 
Veja mais mídias desta notícia  BRASÍLIAAGENDA
CULTURA E EVENTOS NO DF
Mirabai_foto de Marcelo Dischinger
Mirabai dança Baraka
09/09/2011
Mirabai em cena_foto de Marcelo Deschinger
Uma alma desdobrada em gestos e ritmos
Atriz, dançarina, pesquisadora e professora, formada em artes cênicas pela Faculdade Dulcina, Mirabai é a artista de Brasília que se identifica inteiramente com a dança indiana e outras formas orientais de expressão. Neste mês de setembro, Mirabai faz temporada na pequena e aconchegante Sala Alberto Nepomuceno, do Teatro Nacional. O espetáculo chama-se Baraka e utiliza as expressões corpóreas do estilo bharata natyam, forma clássica e antiga praticada na Índia. Mirabai é o nome artístico e espiritual de Maria Vilarinho Cardoso, que nunca foi à Índia, mas traz a Índia dentro de si.

Baraka significa sopro e a palavra tem origem no sufismo, referindo-se à presença do sagrado da vida. No espetáculo, inspirado em rituais de várias tradições pertencentes a diversas culturas, a presença feminina é fonte de inspiração. O corpo da mulher tem sua geografia, traçada desde detalhes como a pintura das mãos à utilização de véus.

Pela divulgação do espetáculo, Baraka “demonstra as fontes de energia criativa da artista em cena e suas possibilidades extremas. Cada parte do corpo (cabeça, olhos, pés e mãos) representa alternadamente um papel de primeiro plano. Cada movimento é executado literal e sucessivamente com olhos, cabeça, tronco, pernas, pés, braços e mãos para criar sequências coreográficas que se expressam individualmente”.

Além da faculdade, Mirabai fez estudos de teatro Nô, Kyôgen, Kutipudi, Odissi, Teatro de Máscaras Balinesas e antropologia teatral, com o diretor Eugênio Barba, do Odin Theatre.
serviço
Baraka, com Mirabai
data: 2, 3, 4, 9, 10, 11, 16, 17, 18, 23, 24 e 25 de setembro
local: Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional
horário: sempre às 19h
ingressos: R$ 20 e R$ 10
classificação livre 
Veja mais mídias desta notícia
Mirabai_foto de Marcelo Dischinger

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

ESPETÁCULO DE DANÇA BARAKA




ESPETÁCULO DE DANÇA BARAKA
Em cartaz na Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional, em Brasília, brilha há dois fins-de-semana a estrela da dançarina e atriz MIRABAI.
. Sem artifícios cenográficos ou equipamentos que possam concorrer com ela própria, a artista mostra ao público que o que está em cena é sua arte, na mais pura tradução da palavra.
A platéia, embevecida e surpresa, assiste ao espetáculo em silêncio absoluto, até que – sem resistir e junto com a atriz – explodir dançando, cantando e marcando o ritmo com palmas, na última cena quando, ao som de “Ô Abre Alas”, de Chiquinha Gonzaga, a apresentação chega ao final.
A temporada da dançarina e atriz MIRABAI fica em cartaz, ainda, por dois fins-de-semana (dias16, 17, 18 e 23, 24, 25 – sextas, sábados e domingos de setembro, às 19 horas), na Sala Alberto Nepomuceno, Teatro Nacional, em Brasília.

"TEMPOS MODERNOS"

Sou voluntária de uma ONG que tem como missão ajudar e promover conforto emocional e saúde mental a pacientes com depressão e pessoas...