Kuchipudi.

A dançarina de dança clássica Indiana, no estilo Kuchipudi. Arunina Kumar no seu espetáculo de dança no Centro Cultural Banco do Brasil, dia 01 de junho de 2011, demonstrou força e enraizamento, sua presença em cena é de uma força indscritível , ao mesmo tempo com muita leveza e graciosidade. Suas Abhynaias , as expressões ou o teatro na dança são precisas. Técnica apurada com gestos que aprofundam no corpo todo narrado , uma riqueza de movimentos com profundo sentido de símbolismo e raiz. A energia que emanava do seu corpo ampliava a incrível beleza da sua dança e amanava para a platéia, criando uma atmosfera rica, de elevação e deleite estético. Imprecionante uma dança realizada sobre um prato, ela se equilibrava sobre o prato que era conduzido pelos seus pés, ela prendia os pés no prato e deslizava pelo palco, com rítmo , equilíbrio e num diálogo preciso com os músicos que tocavam ao vivo.Uma delicadeza forte.Inesquecível imagem da mulher que tem consiciência profunda em cena e total domínio de sua arte.

rajaradhacouple.jpg

Estilo

Como uma forma clássica de dança, drama e música, a Kuchipudi ocupa um lugar único entre os estilos de dança clássica indiana. Sua movimentação ágil e vivaz se mostra repleta de saltos e giros vigorosos e vibrantes que indicam o desejo de conquistar o espaço e o tempo. É um estilo efervescente, cintilante, de olhar ousado e sensual e ao mesmo tempo, consegue ser intensivamente lírico.

Kuchipudi Natyam nasceu e se desenvolveu na vila de mesmo nome, no distrito de Krishna, em Andra Pradesh. Por volta doculo XV, quando a tradição das devadasis (dançarinas que viviam nos templos servindo aos deuses) estava em decadência, o compositor Siddhendra Yogi encorajou os membros das famílias brâmanes da vila de Kuchipudi a se dedicar a esse estilo com devoção fervorosa. Apesar de se manterem relutantes a aprender essa dança, até então relegada somente às devadasis que passaram a ser mal vistas com o passar do tempo, acabaram sendo convencidos por Siddendra Yogi que prometeu benção eterna através dessa sagrada forma de arte. Ainda hoje, encontram-se nesta vila, muitas famílias tradicionais que praticam e pregam esta dança com devoção e dedicação.

pesnoprato2.jpg

Um Destaque da Kuchipudi

Uma das danças mais populares do repertório de Kuchipudi é chamada de Tarangam onde o dançarino se equilibra nas bordas de um prato de bronze carregando um pote de água na cabeça. Ele se move no palco manipulando o prato com os pés e realizando movimentos com os braços, sem que nenhuma gota de água seja derramada.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DANÇA SURREALISTA

DANÇAR EM TEMPOS DE INTOLERÂNCIA

" A FONTE ORIGINAL"